1 de março de 2017

Ter defeitos não me torna uma pessoa ruim, me torna só uma pessoa

Ilustrei com a Heather Chandler porque ela é um ótimo exemplo de agressividade

Esses dias eu estava meio sem ideia do que postar. Eu realmente pensei que além das minhas preocupações constantes com a universidade eu não teria mais nada pra falar com vocês, mas como eu estava errada! Eu passei esse mês inteiro pensando no assunto desse post, mas sem perceber que isso daria um bom post. é realmente algo urgente que as pessoas precisam entender.
Ter defeitos não faz de ninguém uma pessoa ruim. Fazer coisas que as pessoas não apreciam ou magoar alguém em algum momento não faz de você uma pessoa desprezível.
O que o torna uma pessoa ruim, se é que isso existe , é não ter empatia de jeito nenhum e continuar praticando as piores coisas sem se importar com as consequências ou quem está possivelmente afetando.
Ontem eu vi um vídeo maravilhoso da Tessa Violet em que ela fala sobre homens que dizem para mulheres que eles não conhecem ou que pouco conhecem que elas são mais bonitas sem maquiagem. E isso é muito chato de ouvir, porque pra quem ouve não parece exatamente um elogio, mas uma forma de ditar o que você deve fazer. O caso é que a Tessa falou sobre isso calmamente por uns quatro minutos sem ofender ninguém. Sem ironia, sem xingamentos. Para os homens praticantes dessa fala que estavam vendo aquilo e nos primeiros segundos já se armaram até os dentes, foi muito esclarecedor. Simplesmente porque a Tessa em nenhum momento falou que eles eram estúpidos ou sexistas, apesar de ser uma prática estúpida (não chegue em quem não conhece e fale que ela é melhor sem maquiagem quando a pessoa pode simplesmente amar se maquiar e não ter nenhuma insegurança com a coisa toda.). Tudo bem pensar que isso seria um bom elogio, ou que você estaria ajudando alguém inseguro com o próprio corpo, mas não. Eu fiquei realmente feliz ao ver muitos homens nos comentários agradecendo à Tessa pelo didatismo dela. Se ela tivesse sido toda sarcástica e/ou acusativa eles não iriam escutar o conselho, só entrariam numa defensiva danada.
Esse é o meu ponto, então. Se alguém, seja quem for, faz algo que te incomoda, chega na boa e explica o que está errado ou o que não está funcionando, porque ela não é uma pessoa má por ter defeitos, todo mundo tem defeitos. No momento que nós agressivamente acusamos alguém por algo que eles estão ignorantes sobre, nós anulamos qualquer chance de essa pessoa nos ouvir, o que fala sério é burrice.
De qualquer modo, isso não é uma total verdade no caso de alguém ser realmente babaca ou nocivo à você. Parece até difícil de identificar quem merece ou não nosso lado didático, mas nem é tanto.
É apenas um exercício de empatia. Coloque-se no lugar da pessoa se a conhecer e se não, pergunte a sim mesmo se a pessoa vale o seu tempo ou se só vai tornar sua sanidade mental um pouquinho mais difícil de existir. Nesse caso, recomendo que sorria e retire-se cordialmente.
Olha, vou dizer que não sou muito didática e nem cordial na maioria de minhas discussões e entendo a significância de quem é agressivo, o caso é que a agressividade não me dava só um ar de quem gostava de ler jornal, mas arrancava de mim muitos momentos de plena tranquilidade. Por isso, nesse ano estou na corrida por uma vida mais assertiva, porque se não for pra ser completamente feliz, pra mim não serve.
Recapitulando: Discuta com as pessoas de maneira simpática e terá 99% de chance de ser ouvido (a não ser que este alguém seja um devoto fascista, ai desista) e se isso te ajuda na sua qualidade de vida, melhor ainda.

22 comentários:

  1. Nossa, adorei seu ponto de vista, você foi sincera com algo que realmente eu preciso aprender. Entender que esses pré-julgamentos não fazem bem e que as pessoas tem defeitos como qualquer um.

    Gostei mesmo (e obrigada).
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o texto, sério, todo mundo tem defeitos, a gente só tem que achar pessoas as quais a gente consiga "aguentar" os defeitos, sabe? Até porque alguém perfeitinho é super chato. E se pôr no lugar do outro é imprescindível, tô tentando praticar isso sempre que dá x)

    Beijosss
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo tanto esse negócio de empatia que vou tatuar, sabe!

      Excluir
  3. Ah que post <3 adorei! Seu ponto de vista foi muito verdadeiro e todo mundo tem defeito... algo tudo perfeito, é muito chato, fora que não existe ninguém que seja assim. Eu me coloco no lugar da pessoa, sabe! Empatia é muito bom, pratico sempre que posso.
    Já estou seguindo seu blog, poderia retribuir seguindo o meu?
    Beijos
    Palavras ao vento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Pessoas empáticas são as melhores c:
      Obrigada!

      Excluir
  4. Olá, Thainara. Como vai? As vezes me pego exatamente como você, mas não saem post fantásticos assim. Ter defeitos faz da gente igual a todo mundo. Ser perfeito em tudo é chato, algo sem graça. Se pôr no lugar do outro também é fundamente pra haver uma concordância entre ambas as partes. Quando não fizemos isso, acabamos achando o defeito mais rápido e criticando sem saber o motivo. Acredito eu que toda pessoa pode melhorar, mas que é impossível ser 100% perfeito. Seu ponto de vista é igual ao meu. Amei o post. Até mais!
    Colecionando Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, obrigada!
      Sim, empatia é fundamental e eficiente quase sempre! Ninguém pode ser perfeito 100% porque os nossos defeitos também nos fazem quem somos. É preciso reconhece-los,melhorar o que der.

      Excluir
  5. Thai, você é sensacional! Adorei como você explanou seu ponto de vista e esse título não poderia ser melhor. É bem difícil mudar ou acertar quando não se sabe o erro e admito: cometo vários deles inconscientemente. Uma palavra amiga, explicando o que pode ser melhorado é sempre bem-vinda e eu recebo de peito aberto. Abaixo a agressividade, avante a gentileza! ♥

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Sel!!Você que é <3 A minha reflexão pra tentar ser mais assertiva,não foi nem tanto a minha sanidade mental conprometida,mas o fato de que eu também incomodo pra caramba.

      Excluir
  6. Já passou o tempo em que eu ligo pros meus defeitos haha Aprendi a me aceitar assim e é muito mais fácil você entender como você é!
    Beijinhos
    Blog Penúltima Janela

    ResponderExcluir
  7. Olá,Thainara! Como você está? Como passou o carnaval? Me desculpe aparecer aqui somente agora,fiquei sem internet durante 2 semanas. Concordo com tudo no seu ponto de vista! Todo nós temos nossos defeitos e nosso erros,no mundo ninguém é perfeito.

    Beijos ♡
    reckless

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,estou ótima!Tudo bem c: Sim, e se alguém fosse perfeito seria um pé no saco de pessoa né? hahaha

      Excluir

  8. Bom dia!

    Meu nome é Fernanda Alves, eu falo em nome da Lionshome. Estou entrando em contato com você, pois estamos analisando blogs em todo o Brasil para fazerem parte de nossa Rede de Blogs e o seu blog foi selecionado.

    Nós gostamos bastante do conteúdo da sua página e temos certeza que nossos usuários vão gostar e se informar mais.

    Só explicando um pouco melhor sobre a LionsHome, nós somos uma Startup localizada em Berlim que durante seus dois anos de vida vem crescendo rapidamente.Recentemente lançamos nosso Website no Brasil e estamos buscando Blogs com conteúdos interessantes e interativos para fazer parte da Rede LionsHome de Blogs.

    Com a nossa rede de blogs você tem a oportunidade de adicionar uma pequena descrição sobre os seus posts ao nosso website através do RSS-feed, atraindo assim mais visitantes e leitores para o seu blog (quando os usuários clicarem em seu post são redirecionados para o seu blog). Caso você tenha interesse, essa participação é completamente gratuita, já que estamos entrando agora no mercado brasileiro. A única coisa que pedimos em troca aos blogs da rede Lionshome é adicionar uma pequena logo nossa em sua página inicial assim que você se registrar.

    O link para se inscrever é o seguinte:

    http://www.lionshome.com.br/br-br/blogs/signup/

    Se você quiser saber como funciona melhor nossa rede de blogs, pode visitar nosso website:

    http://www.lionshome.com.br/br-br/blogs/all/ (Brasil)

    Qualquer dúvida, estou à disposição.

    Abs,
    Fernanda Costa

    --
    Fernanda Costa
    Marketing & Community Manager Brazil
    Phone: +49 030 120 534 090

    ResponderExcluir
  9. Oi, oi Thainara!
    Adorei o texto e concordo com você, todos esses sentimentos só nos tornam mais humanos e capazes de refletir sobre os mesmo. Adorei sua escrita!
    Beijos!
    Borboletas de Papel | fanpage - twitter - instagram

    ResponderExcluir
  10. Oii! Adorei.
    É bem verdade. É muito triste quando nos julgam por um simples erro, deixando de lado todos os acertos.
    Somos humanos e humanos então propensos a errar O TEMPO TODO. De fato as pessoas desprezíveis são aquelas que não apresentam o mínimo de empatia e, mesmo sabendo que vão magoar, continuam fazendo.

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!!
      Pois é, é difícil fazer com que as pessoas percebam que elas mesmas são feitas de defeitos, então não faz o menor sentido julgar alguém, é simplesmente a condição humana.
      Obrigada!

      Excluir
  11. Eu misturo muito meus sentimentos numa discussão, então ano passado me retirei de qualquer debate huaha pois já estava ficando mal. Admiro quem consegue ser didática numa discussão.

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu era assim e às vezes eu volto a ser, mas tento me policiar :)

      Excluir

By a Lady.... Tecnologia do Blogger.
Se Esse Mundo Fosse Meu... © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.